• Revista lounge*

Entrevista Exclusiva – Daniella Cicarelli

Entrevista

Entrevista Exclusiva – Daniella Cicarelli

Furacão de sentimentos bons, otimista, bem-humorada e muito bem resolvida. Ladies and gentlemen, com vocês, Daniella Cicarelli!

Aos 32 anos, no currículo profissional conta com trabalhos em novela na Rede Globo, VJ da MTV Brasil por sete anos, modelo destaque da SPFW – usando biquíni de ouro e diamantes azuis avaliado em cerca de R$ 50 mil -, participação em filmes e programas de televisão.

Longe dos holofotes há algum tempo, por escolha própria, ela ser reservou da mídia para dedicar tempo a sua vida particular e a família. Hoje, no ar com a propaganda para uma marca de telefones móveis, abordando um assunto muito recorrente nos tempos modernos a modelo, atriz e apresentadora encara as câmeras e aponta todos os rótulos que “ganhou” ao longo  de sua carreira.

Realmente, não são os rótulos que definem a Dani e sim as escolhas que ela fez ao longo da vida que a transformaram em um ícone capaz de gerar audiência. Em entrevista e ensaio exclusiva para a revista lounge*, ela  nos contou um pouco mais sobre a sua carreira e escolhas feitas ao longo da vida.

 

R.l*: Modelo, apresentadora e atriz, as coisas foram acontecendo em sua vida de maneira natural ou você se propôs a lutar pelo que queria e fez com que elas acontecessem como de fato aconteceram?

As oportunidades foram aparecendo e eu as recebi com muito entusiasmo. Quando fui convidada pela Globo para fazer a novela das 19h, “As Filhas da Mãe, transmitida no segundo melhor horário da casa eu estava cursando faculdade de Administração. A participação me rendeu destaque na mídia e surgiram outros convites, entre eles o de virar apresentadora na MTV. Foi um desafio e tanto, aceitei muito empolgada e me dediquei ao programa enquanto cursava a minha segunda faculdade, curso de Direito. De certa forma tenho para mim que a vida é dinâmica e eu sou agradecida pelas oportunidades que ela me dá.

 

R.l*: Você largou a vida pública e a carreira como apresentadora e atriz para se dedicar a sua família. Como você define essa fase na sua vida pessoal?

Essa decisão foi fundamental para me dedicar a minha família. Esse é um trabalho árduo em que o retorno se resume em receber de volta todo o amor envolvido. Para mim foi maravilhoso. Depois dessa pausa na carreira, estamos aí de volta. Amo me comunicar, plateia, feedback do público, gosto de trabalhar com comunicação e tenho minhas contas para pagar, risos.

 

R.l*: Recentemente você fez uma campanha publicitária polêmica sobre definição de rótulos que a sociedade cria. Você conseguiu transmitir a mensagem que desejava?

A campanha não é polêmica e sim uma maneira bem feita de se dizer que rótulos não são feitos para pessoas e sim para produtos. Na mensagem eu passo que não é possível rotular uma pessoa ou tirar conclusões sobre ela sem saber a fundo a sua história e os seus sentimentos.

 

R.l*: Vivemos em uma sociedade culturalmente preconceituosa. Como você pensa em educar sua filha para que ela possa lidar com situações de pré-julgamentos no futuro?

Julgamentos, rótulos, preconceitos, todas essas características estão presentes no comportamento de pessoas de cabeça vazia e coração pobre. Eu educo minha filha com tanto amor, carinho e parceria que espero que ela se torne um ser humano muito do bem.

 

 

R.l*: Você pratica diversas modalidades esportivas. De onde surgiu o seu interesse em levar uma vida mais saudável e quais são as atividades físicas que você pratica com mais frequência?

Eu tenho uma longa história com esportes e ao longo de minha vida sempre pratiquei diversas atividades físicas. Já fiz diversas lutas, corri várias maratonas e há 13 anos fui para o triathlon. Meu estilo de vida não poderia ser mais sudável, pois eu prático esportes por amor e não por obrigação, também nunca fui de beber e de sair a noite. Mas, se tem algo no qual eu não economizo e vez ou outra acabo por pecar é com comida, risos. Eu amo comer! Porém tenho total ciência de que essa minha vida agitada e as atividades que prático diariamente me permitem comer sem preocupações maiores.

 

R.l*: Além da prática de atividades físicas regulares quais outros hábitos você mantém para cuidados com o corpo e com a mente?

Procuro sempre exercitar a minha mente, se não ela fica preguiçosa, risos. Então, estou sempre lendo algum livro. Com relação aos cuidados estéticos eu procuro não fazer muitos procedimentos, mas estou sempre fazendo o acompanhamento com as minhas dermatos, Patricia e Clarissa Rittes. Sigo tudo que elas passam, pois elas são cautelosas e ponderadas.

*Entrevista na integra na edição impressa da revista lounge*
cicarelli para lounge mag 2Cicarelli para lounge mag

 




Continue Lendo
Você pode gostar...
Clique para comentar

Deixe uma resposta

Mais em Entrevista

To Top