• Revista lounge*

Vitória luso-brasileira em Monza

Esportes

Vitória luso-brasileira em Monza

Thiago Vivacqua, acompanhado pelo espanhol Mar de Fulgêncio, venceu a primeira corrida de Monza, na ProAM, no Mclaren GT4 da Teo Martin, conseguindo, igualmente, a quarta posição. Na segunda corrida, alcançaram o segundo lugar, na ProAm. Foi desta forma que o piloto de Cascais terminou o ano: provando toda a sua rapidez e maturidade, num circuito lendário e talismã.

“Cumprimos o objetivo de ir ao pódio. Esta vitória é muito importante para mim, ao Marc, a Teo Martin e a todas as pessoas que acreditaram no nosso projecto”, afirmou Thiago.

Resumindo o fim-de-semana italiano, Vivacqua qualificou o Mclaren em 4º lugar da geral e 1º ProAm para a corrida de sábado. O luso-brasileiro e o seu colega de equipe mantiveram a cadência e foram os mais rápidos na corrida, conseguindo a desejada vitória no ProAm.

No domingo, foi a vez de Marc de Fulgêncio qualificar o Mclaren, colocando-o no 3º lugar da geral e ProAM. Entusiasmados, os pilotos rapidamente foram para a luta pela liderança da prova, tendo terminado em 2º da geral e ProAm.

Monza é um circuito talismã para Thiago Vivacqua: foi aqui que, em 2015, garantiu a sua primeira vitória na Fórmula Renault 2.0, a primeira vitória em GT4, este fim-de-semana, e outros tantos pódios.

Vivacqua terminou o campeonato GT Cup Open Europe em 4º lugar na categoria ProAm e em 10º da geral, após seis jornadas duplas nos circuitos de Paul Ricard, Spa Francorchamps, Hungaroring, Silverstone, Barcelona e Monza, ficando como melhores resultados a vitória em Monza, e os segundos lugares em Spa, Barcelona e Monza.

Com o fim do GT Cup Open Europe, Thiago Vivacqua tem o seu pensamento em 2020, onde espera dar o salto para a alta-roda do campeonatos de GT3.




Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais em Esportes

To Top