• Revista lounge*

Travel

Viagem: trilhas históricas em cinco destinos

Alguns destinos turísticos são notoriamente berço da nossa civilização e de marcos que mudaram o mundo. São lugares onde se respira a história viva, como Atenas, Roma ou Berlim.

Uma maneira de se sentir parte da história é caminhar por ruínas, templos e restos arqueológicos e imaginar os grandiosos eventos que ali aconteceram. O tipo de passeio ideal para os viajantes brasileiros, já que dois terços (67%) deles garantem priorizar experiências acima de itens materiais quando estão viajando a lazer, segundo pesquisa da Booking.com

Fernando de Noronha, Brasil

Ao longo de sua história, Noronha teve suas terras disputadas por holandeses, franceses e portugueses. Em 1737, os colonizadores levantaram algumas fortalezas por todo o litoral da ilha, como o Forte Nossa Senhora dos Remédios, tombado como monumento nacional em 1961. Vale a caminhada da Vila dos Remédios até o outro forte da região, o Forte de São Pedro do Boldró, de onde se avista o Morro dos Dois Irmãos e o pôr-do-sol mais apreciado de toda ilha.

Onde ficar: Tesouro de Noronha

Tulum, México

Essa pequena cidade murada da Península de Yucatán abriga as ruínas de uma das grandes culturas pré-colombianas, a civilização Maia. O sítio arqueológico traz uma série de edificações bem conservadas dessa civilização, sendo o El Castillo, uma estrutura de quase 8 metros de altura, a mais imponente. Além de sua importância histórica e cultural, o sítio maia está em um penhasco em frente ao mar do caribe mexicano.

Onde ficar: Nativus Glamping Tulum

York, Reino Unido

O velho continente é pura história e York, com suas torres, castelos e masmorras, é uma boa opção para quem está passeando pelo Reino Unido. Por toda York há reminiscências de diferentes povos que passaram por lá, dos vikings aos romanos. A maneira mais fácil de andar pela história e reviver o passado é participar de um dos “walking tours” oferecidos em toda cidade.

Onde ficar: Judge’s Lodging

Petra, Jordânia

A cidade rosa, como é conhecida, foi erguida por volta de 312 a.C. pelo povo dos nabateus, uma tribo nômade árabe, e foi rota do intenso comércio de especiarias no Oriente Médio. Construída e esculpida em rochas, a cidade é um dos sítios arqueológicos mais importantes do mundo, e por isso mesmo cenário de filmes como Indiana Jones e a Última Cruzada.

Onde ficar: Petra Guest House

Siem Reap, Camboja

O complexo arqueológico de Angkor, na província de Siem Reap, no Camboja, tem mais de mil construções milenares do antigo Império Khmer ao longo de 400 km². Por incrível que pareça, antes do boom turístico, os templos e as maravilhas arqueológicas de Angkor ficaram abandonados por séculos.

Onde ficar: Victoria Angkor Resort & Spa

*Pesquisa realizada pela Booking.com no final do ano de 2017 com 19 mil viajantes de 26 países.

foto:  pixabay

Este slideshow necessita de JavaScript.




Clique para comentar

Deixe uma resposta

Mais em Travel

Recentes

Social

Almoço com happy hour no Porto Luna

By 14 de agosto de 2020

Gastronomia

Inauguração do Sutton Japanese Sushi

By 12 de agosto de 2020

Travel

Europe Summer Algarve 2020

By 10 de agosto de 2020

Entertainment

Polo 2020 Helvetia

By 8 de agosto de 2020

Moda

Ronaldo Gomes, gênio da moda

By 7 de agosto de 2020
To Top