• Revista lounge*

Culture

O papel revista não morreu

O papel revista não morreu

Ele continua a ter um charme muito especial, a ser objeto de desejo. Fazer revistas em papel em 2020 é algo totalmente diferenciador do que da há 10, 20 anos.
A internet, o acesso imediato a “hard news”, a chuva de informação tornaram a revista papel a “creme de la creme” da imprensa. O foie gras, a peça de alfaiataria imaginada e construída à medida . Por isso, desenhar modelos de revistas em papel não é para qualquer um. Só para quem tem capacidade de olhar o mundo e entender novas realidades, tendências e aplica-las com bom gosto.
Por isso a @ellebrasil que em outubro volta às bancas, em plena pandemia, com um ensaio com o guru @gilbertogilsobre sustentabilidade e os pedidos de ajuda do planeta, é uma lufada de ar fresco de que é possível reinventar o papel revista com bom gosto. É ainda a prova de que a cultura pode e deve ser tratada na imprensa e chegar ao público num embrulho sedutor e eficaz, que o encante. Cultura é vida. É respiração. O mundo mudou, a imprensa mudou, a forma desta se apresentar inevitavelmente mudou. Mas a imprensa tem de continuar a ser o braço armado da modernidade, do livre pensamento e da estética. Salvé Gil. Salvé quem continua a acreditar que o mundo é redondo e livre e só percorrendo-o abrimos a cabeça para continuar a voar.

Artigo publicado pela jornalista e escritora portuguesa Luísa Jeremias. 

Informações:

@luijeremi

Siga:

@revistaloungebr
#saopauloamaiorcidadedomundo

Baixe nosso APP: revista lounge* – Google Play e Apple Store




Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais em Culture

Recentes

Entertainment

Almoço com dj

By 24 de outubro de 2020

Gastronomia

Pasta Party

By 22 de outubro de 2020

Gastronomia

Panda Box, chine gourmet

By 21 de outubro de 2020

Travel

Estaleiro Guest House

By 20 de outubro de 2020

Entertainment

Terraza House Bar

By 19 de outubro de 2020
To Top