• Revista lounge*

News

Gigantes da moda assinam pacto pelo meio ambiente

O verde nunca esteve tão em alta. Discussões sociais e políticas sobre questões que envolvem o meio ambiente estão cada vez mais presentes no cotidiano de todos. E os recentes dados que apontam o fim dos recursos naturais do planeta – em julho, a humanidade atingiu o limite de recursos para o ano todo de 2019 -, atestam a necessidade urgente de medidas socioambientais. 

O mundo da moda não está isento de se movimentar a favor da natureza: 32 gigantes da indústria fashion, como Burberry, Chanel, Giorgio Armani, H&M, Calvin Klein, Hermès, Prada, Nike, entre outros, assinaram na última reunião do G7 em Biarritz, na França, um pacto para promover um mundo mais sustentável e limitar o impacto ambiental dessa indústria.

O pacto, encabeçado por um ministério da França e pela Kering (dona da marca Gucci), é um dos muitos acordos com o setor privado que serão apresentados em meio à cúpula do G7 neste fim de semana em Biarritz, da qual o presidente Emmanuel Macron é anfitrião.

As signatárias do pacto operam quase 150 marcas e respondem por mais de 30% da produção da indústria da moda em termos de volume, conforme comunicado por autoridades francesas em uma entrevista coletiva à imprensa. As marcas concordaram com metas como a eliminação de embalagens plásticas descartáveis até o final da próxima década e pretendem tornar sua pegada de carbono neutra até 2050.

A LVMH, empresa mais valiosa da França e dona de marcas como Louis Vuitton e Christian Dior, se recusou a participar.




Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais em News

Recentes

To Top