• Revista lounge*

Revista lounge*

Esfoliação: pele saudável e bonita

Beleza

Esfoliação: pele saudável e bonita

A esfoliação é um procedimento conhecido por potencializar um dos processos naturais da pele: a eliminação das células mortas e a renovação celular. “A esfoliação é realizada por pequenas partículas que fazem uma limpeza profunda através de uma leve abrasão na camada superficial do tecido cutâneo, que remove as impurezas e a oleosidade acumuladas e também impulsiona a renovação celular”, explica a dermatologista Dra. Paola Pomerantzeff, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia e da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica (SBCD). Para ajudar nos cuidados com a pele, a médica esclareceu tudo o que é necessário saber sobre uma boa esfoliação corporal e facial. Confira:

– Quais os benefícios da esfoliação? A esfoliação estimula a renovação celular e melhora a textura da pele. Com a produção acelerada de novas células, o tecido fica com uma textura mais homogênea. Além de retirar o excesso de sebo acumulado nos poros, ajudando a proteger a pele de cravos e espinhas, que são poros inflamados e infeccionados por bactérias. A esfoliação potencializa a capacidade de absorção dos cosméticos pela pele, deixando-a preparada para o uso de cremes.

– Como esfoliar a pele? O esfoliante deve ser aplicado sobre a pele úmida, anteriormente lavada, com movimentos circulares. O produto deve permanecer na pele por dois ou três minutos, para que os princípios ativos entrem em ação, sendo logo depois enxaguado.

– O que um bom esfoliante facial precisa conter? O esfoliante deve conter partículas pequenas ou médias feitas de ativos naturais, como a casca do arroz ou a semente de apricot. O produto deve atuar como creme ou sabonete e ter em sua fórmula ingredientes calmantes, anti-inflamatórios, hidratantes e anti sépticos, propondo assim uma higienização do tecido cutâneo sem agredi-lo.

– Esfoliantes caseiros são seguros? A aplicação excessiva de receitas caseiras pode provocar alguns danos à pele, como alergia e ressecamento, e também pode manchá-la quando exposta ao sol. Certos ingredientes utilizados nessas receitas caseiras, como o sal grosso e o açúcar cristal, agridem a pele, pois as partículas esfoliantes são pontiagudas demais. Para maior segurança, use produtos específicos determinados por um dermatologista”.

– Com que frequência deve-se esfoliar a pele do rosto e do corpo? A frequência varia com o tipo de pele. A pele oleosa precisa ser esfoliada duas vezes por semana. Já a pele normal e a seca devem ser esfoliadas no máximo uma vez por semana.




Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais em Beleza

To Top