• Revista lounge*

Ano novo, casa nova: guia para adquirir imóveis em 2018

Lifestyle

Ano novo, casa nova: guia para adquirir imóveis em 2018

Empresário e especialista no mercado imobiliário, Carlos José Berzoti, apresenta dicas para compras e investimentos

Com 2018 se aproximando, as pessoas começam a pensar nas resoluções de ano novo. Algumas pensam em trocar o carro, fazer uma viagem internacional ou começar uma dieta. Mas há quem queira ir um pouco mais longe e decide se planejar para comprar a casa própria.

E o especialista em mercado imobiliário Carlos José Berzoti traz uma boa notícia para quem está decidido tirar o sonho do papel. O ano de 2017 apresentou uma ligeira melhora, uma vez que a venda de imóveis tem crescido nos últimos meses, sendo um presságio de recuperação deste mercado. “Acredito que a redução de juros tem grande impacto nisso, os valores aplicados estão sendo direcionados para outro tipo de investimento”, afirma.

No entanto o que vem a seguir pode ser menos agradável, já que as construtoras e incorporadoras estavam liquidando as unidades por preços mais baixos, as próximas unidades devem demorar pelo menos 24 meses para serem vendidas com descontos.

Ainda assim, a busca por um imóvel em 2018 pode ser menos complicada e até sair mais barata. Mas vale lembrar que há diversos fatores envolvidos na compra de um imóvel, como financiamento bancário, espaço e localização, se é para investimento ou para residir, entre outros.

Por isso, para quem pretende fazer um financiamento, o especialista recomenda além de visitar o banco em que possui conta, também verificar outros. “A Caixa Econômica Federal, uma das principais opções por oferecer as menores taxas e também o programa Minha Casa, Minha Vida, já injetou R$ 8.700 Bilhões para crédito da casa própria, o que estava restrito, mas os bancos privados também estão com taxas bastante competitivas para operação de crédito imobiliário”, destaca Carlos.

Uma vez decidido se o imóvel será para investimento ou para residir e a partir dessa decisão escolher um lugar que atenda às necessidades do comprador, sendo espaço e localização os aspectos mais importantes. “Imóvel para investimento deve estar em regiões de fácil acesso ao transporte público e com bom valor de retorno sobre a locação. Sem esquecer de verificar as taxas de condomínio e IPTU”, conclui.

Fonte: Carlos José Berzoti é empresário e palestrante especializado no mercado imobiliário. É graduado em contabilidade, corretor de Imóveis com certificação IREM, especialização internacional para administração de condomínios e gestão de patrimônio. Também é membro integrante da Diretoria de Condomínios da AABIC.

Ano novo, casa nova: guia para adquirir imóveis em 2018




Continue Lendo
Você pode gostar...
Clique para comentar

Deixe uma resposta

Mais em Lifestyle

Recentes

Gourmet

Gabi na cozinha

By 26 de Maio de 2020

Social

House Resort, 2005

By 25 de Maio de 2020

Travel

Vista do Vale da Quinta da Ermida

By 25 de Maio de 2020
To Top