• Revista lounge*

Revista lounge*

4 bares para beber cerveja artesanal sem frescura em SP

Gourmet

4 bares para beber cerveja artesanal sem frescura em SP

Para leigos e apreciadores, as opções servem as melhores cervejas de maneira descomplicada

O mercado de cervejas artesanais está crescendo a cada ano reforçando o gosto do brasileiro pela bebida. Os consumidores ainda estão se adaptando a esse universo tão abrangente que pode parecer as vezes também confuso.

Os bares a seguir servem deliciosas opções de chopes e cervejas artesanais de maneira simples e descontraída, perfeito para um happy hour com os amigos. Confira!

Bardassê

A Ambev, maior fabricante de cervejas do país, abriu bar próprio. Batizado de Bardassê por ficar em frente à administração central (AC ou assê) da cervejaria, oferece cerca de cem rótulos das marcas do grupo, como Brahma, Colorado e Wäls. São oito torneiras de chope, mais de cem rótulos de cerveja e drinques com a bebida, caso da Honey Collins (Colorado Appia, gim, limão-siciliano e xarope cítrico). Quem assina o menu de drinques é Kennedy Nascimento. A cerveja também está presente nos petiscos, como na maionese da batata frita; o cardápio de comes é de Checho Gonzales.

Serviço:  Renato Paes de Barros, 994  – Itaim Bibi

Câmara Fria

O novo bar de chope da Cia. Tradicional de Comércio é um speakeasy com 10 torneiras da bebida, sempre artesanal e fresca, e uma carta com 25 rótulos de cerveja. Entre os chopes, pela primeira vez em São Paulo, está disponível toda a linha de produtos da cervejaria mineira Wäls, além de dois chopes convidados. Os chopes podem ser pedidos no tamanho tradicional de 250 ml, em copos tipo americano e em growlers, os garrafões de 1,9L típicos dos brew-pubs. Ainda na parte etílica, 3 coquetéis completam o serviço de bar – negroni, manhattan e long island iced tea.

Serviço: Rua Graúna, 137, Moema

Bar do Urso

A cidade está cada vez mais bem servida de chope. Nos últimos meses, marcas abriram lojas próprias por aqui para vender a bebida. Em Pinheiros fica o Bar do Urso, da ribeirão-pretana Colorado. Na oferta rotativa, podem aparecer engatados barris de versões como pilsen e IPA (R$ 10,00 e R$ 12,00, respectivamente, com 350 mililitros). Detalhe: não trabalha com petiscos.

Serviço: Rua Mourato Coelho, 23 – Pinheiros

Casa Avós

Instalada no térreo de um sobrado octagenário, na Vila Ipojuca, a casa Avós  reúne todos os produtos da marca, além das cervejas de cadeia refrigerada completa, que recheiam as geladeiras e todos os chopes Avós que podem ser levados para casa em growlers e crowlers. A Avós trouxe uma máquina semi-automática de enchimento de crowler, que permite que o chope seja enlatado na hora, em recipientes de um litro para o cliente levar embora. Ocupam as prateleiras da Casa Avós, charmosos souvenirs cervejeiros como camisetas (R$69), meias (R$25), bonés (R$ 39), copos (R$20), abridores (R$20), kits com duas garrafas (R$39/300 ml cada) e geleias (R$20/unidade) feitas com a própria bebida.

Serviço: Rua Croata, 679 – Vila Ipojuca

Este slideshow necessita de JavaScript.




Continue Lendo
Você pode gostar...
Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais em Gourmet

To Top